text-align: center; B de Betina: Esquecendo livros com Felipe Brandão

01 setembro 2014

Esquecendo livros com Felipe Brandão

Semana passada aconteceu em minha Universidade a 34ª SECOM (Semana da Comunicação), uma semana reservada para palestras, exposições, painéis e eventos diversos voltados para os cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas.
Na ultima quinta-feira (28/08), ocorreu o painel “Ideias que mudam o mundo”, que contou com a participação de Felipe Brandão do projeto Esqueça um livro, Daniel Morais Assunção do Movimento Atados e Alexandre Barros da Cecompi – Inovação sustentável.
Ok, Verônica. Mas o que isso tem a ver com o blog? O que isso interessa na minha vida?
Bom, como vocês sabem, eu amo ler e leio de tudo um pouco. Livro, livro, livro e livro. Há pessoas que me perguntam “Nossa, mas você só pensa nisso?” e minha resposta é simples “Tem algo melhor?”.
Quando soube que o Felipe Brandão estava no painel, fiz uma pauta rapidinha para entrevista-lo e fazer esse post para vocês. 
O Felipe é jornalista, blogueiro e trabalha com o marketing de uma editora, mas além de tudo isso, também é o idealizador do Esqueça um livro.

FPU: Há quanto tempo existe o Esqueça um livro?
Felipe Brandão: O Esqueça um livro surgiu em abril de 2013

FPU: Você disse na palestra que “As ideias são simples”, como surgiu a sua ideia?
Felipe Brandão: Eu já tinha ouvido falar desse conceito chamado Book Crossing e daí um dia eu olhei pra minha estante e tava cheia de livros e eu falei “Poxa, por que eu não faço algo parecido aqui no Brasil já que não tem?”, daí eu criei o Esqueça um livro assim do nada, olhando para a minha estante e sentindo vontade de compartilhar o conhecimento.

FPU: Como funciona o seu projeto?
Felipe Brandão: A ideia do Esqueça um livro é que você esqueça um livro, tire uma foto e mande para a Fanpage que é o Facebook Esqueça Um Livro. Porque na verdade ele surgiu como uma coisa muito natural, eu não tinha o objetivo de ser um projeto, eu comecei a compartilhar a minha experiência no Facebook e acabou virando um projeto, então a comunicação é feita toda lá.

FPU: Quantos livros em média já foram esquecidos?
Felipe Brandão: Eu posso dizer que eu já esqueci mais de 4.000 livros sozinho... É, é bastante. É que muita gente não tira a foto para mandar para a Fanpage, então não consigo mensurar o resultado.

FPU: Já aconteceu de você estar caminhando na rua e encontrar um livro que alguém “esqueceu”?
Felipe Brandão: Já, já aconteceu de eu ter esquecido um livro e depois eu ter encontrado o mesmo livro que eu esqueci, então eu não sei se alguém levou pra casa, leu e esqueceu novamente, porque eu encontrei em um lugar diferente do que eu tinha esquecido.

Galerinha, é isso! Quem quiser saber um pouco mais sobre esse movimento, segue abaixo os links para informações e a página no face.

Espero que tenham gostado e oh! Não se esqueçam de esquecer hein?! 

Fanpage  / Site

Foto por: Larissa Rosa


0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!