text-align: center; B de Betina: PIOR QUE ADOECER, É ADOECER GRAVIDA!

06 abril 2016

PIOR QUE ADOECER, É ADOECER GRAVIDA!

Desculpem pelo meu sumiço aqui no blog, mas minha falta de criatividade com posts, mais minha falta de tempo e esses últimos dias em casa porém na merda não ajudaram com que eu aparecesse por aqui :(
Desde semana passada posso me considerar uma pessoa ''na merda'' perante minha saúde. Graças a Deus não é nada com o baby e sim comigo!

TERÇA-FEIRA - 29 de março

Posso considerar um dia de terror na minha vida, acordei com uma dor de cabeça na qual eu achei que se eu dormisse mais um pouquinho ela passaria, mas fui enganada e ela não passou, muito pelo contrário ela piorou drasticamente :( Passei o dia no meu quarto escuro, chorando de vez em quando e no total silêncio enquanto minha cabeça (na região da testa) não parava de pulsar.
 Após um longo dia doloroso minha sogra apareceu e me levou a força no médico porque a dor era tanta que parecia que ia enlouquecer. Chegando lá expliquei pra médica primeiramente que estava grávida e não queria nenhum remédio que pudesse prejudicar meu filho (pode parecer que não, mas sou totalmente neurótica com remédios, e na gravidez isso piorou), ela entendeu perfeitamente meu recado e me levou pra uma salinha com enfermeiras onde ela explicou meu caso pra uma senhorinha super fofa que tinha lá e assim ela aplicou uma dosa de dipirona na minha veia, e garantiu que por eu não ser alérgica a medicação não iria fazer mal pro nosso bby. Após a aplicação fiquei aguardando a liberação da médica e finalmente após 20 minutos ela me liberou, confesso que estava aliviada pois minha dor tinha desaparecido como um passe de mágica, mas ai se passou 1 hora, 2 horas e ela voltou com tudo :~~ Não sei descrever essa dor, só sei que você que sofre de enxaqueca sabe perfeitamente o que é essa dor, e pior do que sentir essa dor é saber que eu não podia tomar nenhum remédio além de 25 gotas de tylenol (o que pra mim é a mesma coisa que água), e o que me restava era chorar, lágrimas de desespero, pois eu não sabia mais o que fazer, a não ser tacar complexa de água gelada na testa e finalmente dormir.

QUARTA-FEIRA

 Ao amanhecer a dor permanecia :x Eu definitivamente não queria voltar no médico porque não queria que me furassem de novo pra me aplicar um medicamento no qual não fez efeito nenhum e que ainda poderia afetar meu bebê e então foram mais horas de dor e agonia em casa até que eu e Ian decidimos chamar um Uber e ir até meu obstetra perguntar o que eu poderia fazer nessa situação, ficamos lá esperando ele por 2 horas até que uma recepcionista veio nos falar que ele estava visitando uma paciente e não tinha hora pra voltar. Nesse momento eu fiquei puta da vida, pois antes de ir eu havia ligado e a informação que tinham me passado é que ele estava no almoço... Resumindo: gastamos dinheiro atoa, minha boca estava seca, eu estava fraca, morrendo de fome e ainda com dor de cabeça.
Não tive escolha a não ser passar mais uma noite com dores e tentando amenizar com complexas de água gelada e um tecido amarrado pressionando minha cabeça, era a única coisa que amenizava.

QUINTA-FEIRA - 31 DE MARÇO

Era meu dia, meu aniversário, meu primeiro aniversário grávida... Eu tinha planos com uns amigos e não queria que nada estragasse esse dia que pra mim é um dos melhores do ano.
Acordei com o pique todo e até estranhei que minha dor tinha ido pro ralo \o Mas como diz o ditado: ''alegria de pobre dura pouco'' hahaha ela voltou, fraca mas volto, não exitei e fui novamente no médico e deixei claro que não queria nada de medicação, expliquei o que tinha acontecido e ele me deu 4 dias em casa (uhuuul). Depois de dois dias de sofrência total, esse meu dia estava mais suave, porém sendo total observado pela minha mãe e Ian. Não deixamos de comemorar meu bday, me diverti muito e por um momento esqueci das dores.

SEXTA. SÁBADO E DOMINGO

Esses três dias foram bastante tranquilos, passei todos eles de  repouso vendo todos os tipos de filmes de terror possíveis ao lado do Ian (que fez uma cirurgia no dente e também estava de repouso), dor de cabeça fraca e o tylenol até que estava conseguindo fazer sua função. Minha unica preocupação era uns supostos sintomas de gripes que andavam aparecendo em mim ;x

SEGUNDA-FEIRA 

Voltei ao trabalho com força total, tinha até me esquecido como era bom trabalhar, sério! Cheguei lá na loja toda feliz, revi meus amigos de trabalho, apresentei meus atestados e passei um dia super normal, sem dores e apenas com meu nariz entupido e os sintomas da gripe tinham diminuído bastante.

TERÇA-FEIRA 

Voltei a ficar na merda. não sei se minhas dores de cabeça eram um belo resfriado que estava a caminho, ou se voltei a ficar na merda por conta do ar condicionado da loja.
Apresentava sintomas de: Nariz entupido e escorrendo ao mesmo tempo, dores no corpo, cabeça doendo e disposição zero. Passei minha terça-feira de trabalho literalmente me arrastando até as 22:00 da noite. Chegando em casa tomei um banho e afoguei meu nariz no rinosoro e na pomadinha de vick (só assim foi possível dormir).

QUARTA-FEIRA 

Os sintomas de gripe continuaram e decidi ir no médico novamente, pro meu azar cai em um médico totalmente louco no qual disse que poderia ser sinusite e mandou eu fazer uma radiografia, helloooo acho que todo mundo sabe que gestantes não podem fazer esse tipo de coisa e eu falei isso pra ele, a resposta dele não poderia ter sido melhor (só que não) ''É, acho que você esta certa, mas acho que uma vezinha não vai fazer mal pro bebê''... fiquei olhando bem pra cara dele a ponto de falar que não ia fazer radiografia nenhuma até que ele disse ''esquece a radiografia (rasgando ela) vou medicar uns remédios'', e foi então que ele me passou um tylenou mais forte, um antibiótico e continuar com o rinosoro, me deu um dia de descanso por conta das dores no corpo e caso eu não melhore pra eu voltar lá nele.
Gente, pera ai, todo mundo sabe que além de gestante não poder fazer nenhum tipo de raio x, radiografia... não podemos tomar antibióticos, ainda mais se nem ele tem certeza se é uma gripe ou sinusite.
Fiquei e estou totalmente aborrecida com esse médico e até acho que é por conta de pessoas assim que muitos pacientes mal informados acabam se dando mal... Estou aqui de repouso, escrevendo esse post pra vocês e torcendo perdidamente que amanhã eu esteja 100% melhor.

Beijos e até o próximo post.
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!