text-align: center; B de Betina: MENINOS PODEM BRINCAR DE BONECA E MENINAS PODEM BRINCAR DE CARRINHO

15 janeiro 2015

MENINOS PODEM BRINCAR DE BONECA E MENINAS PODEM BRINCAR DE CARRINHO

Por: Vivs Mendonça | fashionpinupblog@gmail.com
Desde criança lembro que eu ouvia muito pessoas em minha volta dizendo ''você não pode brincar disso porque é brinquedo de menino'', ''você não pode usar rosa porque é cor de menina'' e não só eu como milhares de pessoas cresceram com esses tipos de regras ridículas aplicadas por uma sociedade hipócrita. Infelizmente vivemos no meio de pessoas com esses tipos de pensamentos e muitos receberam ensinamentos como estes, e por mais aberta que seja a mente da pessoa, ela ainda é fechada pra uma mulher jogadora de futebol e para um homem que veste camisa de onça.
Ta Viviane, mas aonde você quer chegar com esse post?
O que eu quero tentar passar através de simples palavras é que estamos vivendo em uma nova era, não somos mais do tempo na qual mulheres só usavam vestidos e luvinhas e muito menos na era em que homens só saiam de terno e cartola. O lado preconceituoso da sociedade tem que mudar,  e parar de uma vez com toda a mania de chamar um homem de cabelo comprido de gay ou uma mulher de cabelo curto de lésbica.
Foi divulgado por um site (não me lembro qual) uma foto da cantora Adele com seu filho de 2 anos no colo, e só pelo fato do garoto ter um cabelo longo e franja um bando de ignorantes fizeram comentários no qual diziam que a criança de DOIS ANOS era gay. Achei uma porrada de comentários absurdos, me deu nojo em saber que tantas asneiras saíram de pensamentos brasileiros.
Onde vamos parar com tanto preconceito?
Homens e mulheres HETEROSSEXUAIS casados ou solteiros passam por tipos de situações terríveis todos os dias, homens por terem cabelos longos e mulheres por terem cabelos curto, homens por usarem calça skinny e mulheres por detestarem roupas apertadas, homens por serem metrossexual e mulheres por não se importarem em pintar pelo menos uma unha. São por causa de situações como essas que muitos são obrigados a ouvirem piadinhas pelas ruas ou até mesmo serem vítimas de comentários desagradáveis por onde passam.
Até que ponto o Brasil, o mundo vai carregar consigo esse fardo do preconceito, o fardo da ignorância,acho que já passou da hora de acordar, afinal estamos em 2015 e alguma coisa precisa mudar em relação a isso.
Meninos podem brincar de boneca e continuarem a serem meninos, meninas podem brincar de carrinho e continuarem sendo meninas.

0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!