text-align: center; B de Betina: Rosa para meninas e azul para meninos?

16 fevereiro 2016

Rosa para meninas e azul para meninos?

"E se for menina?'' ''E se for menino?'' Essa é uma pergunta certeira que esculto quando mostro algum presente que Betina ou Louis ganha de alguém (a maioria do papai babão e da mamãe babona) onde eu simplesmente respondo "E dai? comigo não tem essa''. 
Querem saber o que penso sobre isso? 
Acho que quem encaixa o quadro princesas são para meninas e super heróis para meninos não fazem parte de uma sociedade sem preconceito. Na verdade não vou bancar a ''preconceito zero'', não sou hipócrita e tem muitas coisas que eu simplesmente não concordo e outras pessoas dizem ser preconceito, no fundo, no fundo acho que todo ser humano tem um tanto de preconceito (por menor que seja) dentro de si. Mas graças a Deus aqui em casa roupas são apenas roupas e não existe o rosa para meninas e azul para os meninos, aqui pensamos da seguinte forma: Roupa não muda carácter de ninguém. 
Minha mãe já é do time das meninas tem que usar rosa porque é extremamente lindo, já eu não concordo tanto assim, porém nos respeitamos e fica por isso mesmo. 
Quero e se Deus quiser serei uma boa mãe e não quero criar meu bebê pra ser, fazer ou vestir o que eu quero. Quero ensinar ele/ela ter uma personalidade se possível forte e ensinar que vivemos em uma sociedade hipócrita onde ele/ela não deve se importar com criticas, porque elas sempre existiram. 
Eu não sei como vai ser, não tenho noção de como é uma maternidade real, ao vivo e a cores,  até agora estou sim passando por mudanças na qual estou amando e curtindo muito e também sei que é só o começo e estou me preparando muito pro que irá vir pela frente. Eu ainda não sei de muitas coisas e não tenho certeza de quase nada, vou apenas seguir meu extinto de mãe e ir em frente. Tenho milhões de planos, de intenções na qual não sei como vai ser na prática e nem se vou conseguir coloca-las em praticas. Como ainda não tenho meu baby aqui no meu colo tudo se torna uma ''cógnita''.
Então eu realmente não estou me importando sobre o sexo do meu bebê, estou sim muito ansiosa, mas não me importo qual seja porque eu já o amo de uma forma muito forte. Ainda não sei e falta 1 mês para eu descobrir, mas mesmo assim o bebê já tem algumas roupas no qual não encaixo a gênero algum, apenas roupinhas de bebê.


2

2 comentários:

Deixe seu comentário aqui!